A eclesialidade e a metodologia da ciência canônica

Autores

  • Denilson Geraldo

DOI:

https://doi.org/10.31240/2595-1165.vol2n4a2019pp21-51

Palavras-chave:

Metodologia Canônica, Ciência Canônica, Faculdade Eclesiástica, Direito Canônico, Veritatis Gaudium

Resumo

O ambiente pré-conciliar desfavorável ao direito canônico caracterizado pela doutrina do Ius Pubblicum Ecclesiasticum preparou a nova apresentação da ciência canônica com o decreto conciliar Optatam Totius que relacionou o direito canônico ao mistério da Igreja. A metodologia da ciência canônica, pressupondo a fundamentação eclesiológica, é jurídico-canônica e em diálogo interdisciplinar com as demais ciências, principalmente com a ciência teológica e a pastoral, mas conserva sua autonomia como ciência. A legislação que regulamenta as atividades das faculdades e dos institutos de direito canônico, a partir da Veritatis Gaudium, confirmam a metodologia jurídica da ciência canônica, bem como a fundamentação da ciência canônica no mistério da Igreja.

Downloads

Publicado

2020-05-25

Edição

Seção

Artigos